Press "Enter" to skip to content

Relacionamentos Convenientes no BDSM

Ares 0

O tema de hoje é extremamente complexo e afeta tanto as relações baunilha e quanto relações BDSM.

 

O tema é relacionamento por conveniência.

Um relacionamento por conveniência, é um relacionamento utilitário, que serve simplesmente para satisfazer as nossas necessidades, necessidade por prazer e por bem-estar.

 

Há diversas formas de se viver um relacionamento por conveniência, você pode viver um relacionamento por conveniência por causa de dinheiro, por causa de conforto financeiro, pode viver um relacionamento por conveniência por causa de sexo, o sexo com outra pessoa é bom, mas se não é algo que te motiva, que te traz emoções que te realiza, e te completa, provavelmente é relacionamento por conveniência. Mas há também pessoas que tem amizade por interesse, um relacionamento por conveniência se assemelha muito a uma relação por interesse.

 

Nisso o foco está muito mais em você, do que você pode dar para outra pessoa, você não procura outras pessoas querendo dar o seu melhor, querendo se realizar realizando a outra pessoa. Você procura outra pessoa somente pelo que ela tem a te oferecer, você pensa muito mais em como as coisas que ela faz te afetam, do que necessariamente na relação como um todo e esse é o tipo de relacionamento por conveniência. É um relacionamento Medíocre, e é uma merda, porque você não vai ter algo sustentável no longo prazo.

 

O sexo que é bom hoje, vai ser comum daqui a pouco tempo, e você precisa ter algo a mais para vocês dois se reinventarem.  Você precisa ter algo a mais para se realizar.

 

A realização sexual que tanto falo e que está relacionada ao BDSM, tem a ver com realização de fetiche e realização do relacionamento. Você não consegue praticar BDSM sem um relacionamento, mesmo que esse relacionamento seja um relacionamento BDSM, de dominador / submisso, dominador / submissa, dominadora / submissa, dominadora / submisso, e por aí vai.

 

Sempre que a gente procura no outro, algo para satisfazer as nossas necessidades, ou seja, nós procuramos satisfazer o nosso ego, o nosso eu, a paixão que nós temos por nós mesmos, nós nos tornamos narcisistas.

 

Você conhece o mito do Narciso? Narciso era um jovem belíssimo, que nunca havia visto a sua própria imagem. Até que um dia ele se aproximou de um lago, viu seu próprio reflexo e sem saber que era o reflexo dele mesmo, mergulhou naquele Lago. Mergulhou cada vez mais fundo e morreu afogado. Ele morreu afogado pelo amor que ele sentia por si mesmo.

 

Então cuidado ao se relacionar com as pessoas, porque você pode estar sendo narcisista, e isso é extremamente comum. No Tinder por exemplo, você procura alguém que satisfaz uma necessidade sua, seja de carência, seja de sexo. Quando entramos no FetLife, olhamos a lista dos fetiches da pessoa, procuramos os fetiches que se encaixam nos nossos. Quando abordamos alguém no Facebook, você não quer saber o momento da outra pessoa, você quer saber o seu momento. As vezes nós procuramos o dominador, ou a domme, porque estamos com tesão, não é o momento da outra pessoa, as vezes ela nem está com tesão, ocupada com as coisas da rotina.

 

Da mesma forma, as vezes o dominador, ou a domme, procura os submissos somente porque está com tesão, não é algo que satisfaz, que realiza no longo prazo, é algo que serve para resolver necessidade imediata.

 

Te aconselho que você observe muito as relações que você tem, que você pense muito em como essas relações afetam, e muito mais no que você dá em troca.

 

Nessas relações, o que você dá em troca diz muito sobre que tipo de pessoa você é, e o quanto você quer se realizar neste relacionamento. Você vai conseguir várias formas de ter orgasmos dentro do relacionamento BDSM, mas não necessariamente isso vai te fazer feliz, porque você precisa de mais, a outra pessoa precisa de mais. Tem que ter uma troca, tem que ser algo que traz o seu melhor, que traz o melhor da pessoa, e que vocês consigam evoluir juntos, crescer juntos, caminhar juntos.

 

Relacionamentos entre pessoas têm que ter troca, se você ficar procurando sempre alguém para te satisfazer, eventualmente você vai estar frustrado. Frustrado com um monte de pessoas ao seu redor, que também estão te usando que não querem saber como você está,  não querem saber que tipo de pessoa você é, querem saber simplesmente como que você pode dar prazer a eles(as),

 

Tome bastante cuidado e pense nas suas relações.

 

Uma relação por conveniência só vai te fazer mal.

 

O que achou do texto e do video?

 

Comente, compartilhe, ou envie para quem você quiser.

 

Coloque suas duvidas, e / ou comentários, porque eu tenho muito assunto para falar, mas eu gostaria de saber primeiro, o que você quer que eu fale.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *