Press "Enter" to skip to content

Me indica alguém?

Ares 2

É fato que a maioria das pessoas tem dificuldade de encontrar outras pessoas pra praticar BDSM e pra realizar seus fetiches.

Tudo isso que eu falo nesse blog não é fácil, na verdade é bem difícil de realizar, requer paciência, trabalho e até as informações certas. É visível o tanto que as pessoas querem e estão “desesperadas”, mas ao mesmo tempo estão perdidas e apelando pra toda e qualquer oportunidade.

.

.

E por mais que eu queira indicar as pessoas, umas pras outras, e ver todo mundo “se fudendo” no bom sentido, rs, é algo que eu faço com muito cuidado.

É complicado indicar, afinal, estou indicando pessoas pra realizarem seus fetiches mutuamente:

  • “Me indica alguem pra me bater, me humilhar, me tratar como pet e dormir de conchinha?”
  • “Me indica alguem pra que eu possa bater, humilhar, tratar como pet e depois largar de lado?”
  • “Me indica alguem que tenha muito dinheiro e possa me dar uma vida de luxo sem que eu tenha que dar nada em troca?”
  • “Me indica alguem que queira muito ….? etc.

Quando eu conheço pessoalmente é um pouco mais fácil, quando já conversei, quando minha intuição me diz se a pessoa é legal ou não. Recentemente apresentei duas pessoas, as duas estiveram em um evento que organizei, e de alguma forma vi uma possível conexão. Conversei com cada uma delas em separado e mandei o link do perfil do facebook, de uma pra outra.

Parece que esta dando certo.

 

Quando alguma pessoa aparece virtualmente, e pede indicação, pela minha experiencia, não dá certo. Só “gostar de BDSM” não é sinônimo de compatibilidade, e apresentar com base nos papeis é outro tiro no pé. Não é porque gosto de Dominar, ou de me Submeter que qualquer outra pessoa que goste do “outro lado do chicote” seja compatível.

De qualquer forma, as pessoas precisam se conhecer, e uma das formas de fazer isso é virtualmente. Há redes sociais como o Facebook e o Fetlife que ajudam esse tipo de coisa a acontecer.

Então, criei um ebook, que reúne 4 redes sociais para praticantes de BDSM, e também 33 erros que os praticantes cometem em seus perfis, esta disponível para download gratuitamente.

 

O link pra download gratis:

http://kinky.com.br/ebook-redes-sociais-bdsm

  1. Dreukrag Dreukrag

    Tá difícil. Não consigo achar um lugar onde seja fácil encontrar outras pessoas. E nas poucas vezes quando encontra, a maioria dos Top é alguma variação de “Sou sério(a) e quero um escravo(a) 24/7…” .

    Parece difícil achar gente que quer ter uma relação casual sem levar tudo a sério.

    • Ares Ares

      A maior dificuldade não é nem achar praticantes, é achar compatibilidade.

Deixe uma resposta para Dreukrag Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *