Press "Enter" to skip to content

Você é dos que se ofende ou dos que não se ofende?

Ares 0

Quando começamos uma conversa com alguém, uma conversa minimamente decente, tentamos ao máximo trocar. Você fala, a outra pessoa escuta, a outra pessoa fala, você escuta.

Normal.

No mundo virtual, parece que a coisa funciona assim, mas eventualmente, e como não sabemos o que se passa do outro lado da tela, corremos o risco de falar as palavras erradas, na hora errada.

Tem pessoas que fazem coisas sem noção propositalmente.

capa-pintinhos-armados-

O cara nunca falou nada com você, mas se sente impelido a mandar uma foto do pinto. Ou do cú (eu já recebi, não foi agradável). Tem pessoas que pensam que mostrar o falo ereto ou alguma outra parte do corpo é uma arma extremamente afrodisíaca. Mesmo que isso falhe em 99,9999999% dos casos.

Para quem tem um “perfil BDSM” (aquele perfil fake que vc não tem seus pais e toda a sua família), e que posta diariamente pornografia, coisas fetichistas e material relacionado, as pessoas se sentem convidadas a te abordar.

“Oi gata, eu sou o Dom Gatão, rola um petplay? ”.

Como as vezes as coisas começam as avessas, algumas conversas, podem começar com perguntas sexuais, ou intimas. Dependendo da pergunta, ela pode ser intima demais e ser mal interpretada.

Hoje eu perguntei a uma pessoa com quem estava conversando, o assunto surgiu do nada, e eu como sou curioso não costumo filtrar as perguntas.

“Ah é? Quanto você ganha? ”

Após a pergunta apareceu aquela mensagem do Facebook, que dizia que eu não poderia responder mais a mensagem. Achei que ela tinha me bloqueado. Ri disso.

Mesmo quando parecemos ter toda a intimidade do mundo, e falamos sobre sexo e outros assuntos que são tabu, parece que certos assuntos são sempre tabu. Independentemente de estar no mundo baunilha, em que colegas de trabalho não costumam falar sobre seus salários, temendo que os outros o invejem, puxem tapete e etc. Parece que no BDSM há uma certa intolerância com algumas perguntas.

No mundo BDSM, se você é mulher, é comum que receba muitas abordagens diárias. MUITAS. Algumas são mais brandas, outras mais imperativas e isso acaba sugando nossas energias. Você já se viu sem paciência? Isso acontece comigo também, há algo que está nos tirando a paciência, aí vem um desavisado e coloca a gota que derrama o balde.

Pra homens, normalmente eles atraem muita atenção quando postam coisas que contenham a afirmação “sou moneyslave”.

Mas, e se a pessoa dos seus sonhos for esse desavisado?

Imagine que vc recebeu 10 novas mensagens hoje, esgotou sua paciência, e a 11ª é a pessoa que vc esteve procurando. As vezes ela escreveu sem pensar, ou ela simplesmente perguntou por querer te testar.

Mesmo no BDSM temos que tentar ter uma mente aberta. Não são todas as perguntas que devem ser respondidas. Ainda mais no virtual.

“Nobre, eu criei um fake pq não quero qualquer um sabendo da minha vida”. Assunto encerrado.

Se você se ofende, a pessoa que te ofendeu costuma as vezes nem saber, ou só fechar a janela de conversa e importunar outra pessoa.

Se você não se ofende, vc continua com seu dia lindo e maravilhoso.

Tente ter paciência, na primeira avise e deixe passar, na segunda avise, na terceira bloqueie. Ninguem costuma ser desavisado 3 vezes.

Nas nossas vidas, a primeira impressão pode estar errada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *